O governador Rui Costa não é investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR) em virtude da compra não concretizada de respiradores junto à empresa Hampcare, no ano de 2020. A informação mentirosa foi divulgada pelo site A Gazeta Bahia e reproduzida pelo site Giro de Notícias. Segundo os referidos sites, que claramente não praticaram o jornalismo profissional, Rui Costa teria sido denunciado em delação premiada. Todas as informações são falsas e os autores das fake news serão responsabilizados.

Foi o próprio Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), que realizou uma operação policial que levou à prisão de suspeitos de envolvimento na venda de 300 respiradores, no valor aproximado de 48 milhões, ao Consórcio Nordeste. A Operação Ragnarok, coordenada pela Polícia Civil baiana, aconteceu em junho de 2020.

LEIA AQUI MATÉRIA DO G1 BAHIA SOBRE O ASSUNTO:
Três são presos em operação da Polícia Civil da Bahia contra empresa que deixou de entregar respiradores a estados do Nordeste

Em recente entrevista à imprensa, em 21 de maio, o governador afirmou que o Estado da Bahia e o Consórcio Nordeste foram vítimas de um golpe. “O que eu quero é que a operação avance e prenda novamente os responsáveis por isto”, afirmou na ocasião. O caso está sob a responsabilidade do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e toda a apuração do caso está sendo acompanhada pelo Governo do Estado da Bahia.